“Discutimos, dentro do plano da cidade, o novo Terminal do Guadalupe e a renovação urbana do Centro da cidade na área do Vale do Pinhão, que contempla a igreja”, disse Greca.
A renovação da área, com terminais turístico e de transporte, estacionamento e área de shopping, vai preparar a região para receber um grande contingente de pessoas com a transformação do local em santuário nacional. “Será o Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe das Santas Chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo. O que já é hoje será ainda maior a partir de um projeto excepcional”, explicou Manzotti.
Greca destacou que o turismo religioso vai transformar toda a região, melhorando os serviços do terminal e garantindo oferta de estacionamento. “Será um ponto de peregrinação nacional e internacional. Um novo uso dessa área a ser viabilizado por uma operação urbana baseada em Parceria Público Privada”, disse o prefeito.
Projeto
O projeto prevê a construção de uma praça no nível do acesso da igreja, sobre o Terminal do Guadalupe, e com o santuário como ponto focal e servindo como uma espécie de mirante para a região do Rebouças. Na parte inferior estará o terminal de transporte, área comercial, área de estacionamento e espaço para a TV Evangelizar.
Participaram da reunião por parte do município o presidente do Ippuc, Reginaldo Reinert, e o secretário do Urbanismo, Marcelo Ferraz César. O padre Reginaldo Manzotti esteve acompanhado do arquiteto Adolfo Sakaguti e de Patrícia Adad, Alexandre Tormena e Henrique Munhoz da Rocha, da Associação Evangelizar é Preciso.


Compartilhe


Leia mais

Mais lidas